terça-feira, 7 de outubro de 2008

Santa ingenuidade!

Há 1 ano atrás eu escrevia neste blog o seguinte texto:

"Uma nova vaga a chegar?
Há gente nova (jovem) a deixar comentários construtivos nos blogues. Espero que isso signifique que uma nova vaga está a chegar à política concelhia, pois o tecido político do nosso concelho precisa de mudança com urgência. Novas ideias, mais sentido cívico, novas atitudes na discussão politica.Não pretendo com isto que seria ideal afastar os antigos políticos pois não devemos abdicar da sua experiência, mas acredito que estes em contacto com essas novas atitudes, se reciclariam a si mesmos, quer na visão politica, quer na postura cívica, quer na aceitação de novos valores.Também a actividade das Jotas terá de ser reciclada, pois as suas formas de actuar estão mais ultrapassadas que as politicas da nossa CMS.Pais, incentivem os vossos filhos a exercerem os seus direitos cívicos.Filhos, chamem à atenção dos vossos pais para o facto de que as nossas vidas estão na mão dos nossos políticos e que por isso devem exigir deles mais ética e profissionalismo, em prol de uma sociedade melhor.
Rui Viana"

Passado um ano e depois de eleições internas nos principais partidos com representação no concelho, os jovens são ainda menos que antes. Muito pelo contrário, a média de idades dos dirigentes concelhios subiu, numa clara negação à renovação da democracia. Em paralelo, as condições de vida no concelho, no país e no mundo degradaram-se substancialmente. Será isto um sinal de que tudo está errado? Que a maioria daqueles que se dedicaram à politica e à democracia nos últimos 30 anos fizeram quase tudo mal?

Claro que este é um pensamento demasiado simplista, mas poderia ser o ponto de partida para uma reflexão colectiva e apartidária sobre de onde vimos, por onde estamos a ir, mas principalmente para onde queremos ir!
Rui Viana

15 comentários:

Pollux disse...

O sangue novo anda mesmo debaixo dos narizes de toda a gente e, se forem como eu, não nadam a dormir.
Tal como referiu no seu tópico, a idade dos dirigentes aumentou, contrariando o que seria esperado.
Ora, é aí que reside o problema e não a solução.
Ninguém gosta de crescer a ser um "moço de recados".

;)

Calhandro disse...

Olá

A única realidade é que não deixam os jovens entrar na politica. Os jovens são uma ameaça a tachos. Isso preocupa muita gente.

Deixam grandes jovens perder carisma, força, poder nas massas, motivação e viciam-nos na máquina, acabando por os tornar em vermes iguais a eles próprios.

O Calhandro de Sesimbra
(calhandrolight.blogspot.com)

Rui Viana disse...

Obrigado Pollux e Calhandro

Com estes comentários iniciámos um debate publico e aberto que espero venha a ser participado por "miúdos e graúdos".

Isto é uma forma de fazer politica e espero sinceramente que dos comentários que daqui resultarem, alguns politicos venham beber alguma inspiração para fazerem mais e melhor, mas acima de tudo se instruam no sentido de cultivarem uma cultura de constante renovação da democracia e do tecido politico.

Anónimo disse...

Rui Viana, acho muito importante que se faça publicamente este debate.
Mas repara, este é um assunto que devia fazer reflectir especiamente o nosso partido, o Partido Socialista.
Se olharmos os outros partidos, reparamos que renovaram autarcas, dirigentes, etc, no PS, vira o disco e tocam os mesmos...
O PCP tem um presidente de junta jovem, o PSD correu com a cangalhada velha dos órgãos dirigentes, o BE, tem gente nova, o PS, é aquilo que sabemos...
Eu como militante socialista, gostaria de participar mais, mas não exite espaço para os socialistas, participarem nos destinos do PS de Sesimbra.

Pedro Mendes disse...

Deixe-me colocar a questão desta forma.
Tenho 28 anos e gostava e muito de contribuir para melhorar o nosso concelho, mas para me filiar num partido e depois andar a ouvir constantemente "vem estes para aqui há meia duzia de dias e já pensam que sabem tudo?" ou para andar na rua a colar cartazes e a agarrar em bandeira. Isto para mim não é politica.
www.sesimbrajobs.blogspot.com

Rui Viana disse...

O anónimo das 11.29 escreveu:
"Eu como militante socialista, gostaria de participar mais, mas não exite espaço para os socialistas, participarem nos destinos do PS de Sesimbra."

Subscrevo inteiramente as suas palavras, mas... não foram a maioria dos militantes que elegeram esta direcção. Será preciso chegar a este estado do partido para os militantes verem que está tudo errado no nosso partido?

O Pedro Mendes escreveu:
"...e depois andar a ouvir constantemente "vem estes para aqui há meia duzia de dias e já pensam que sabem tudo?" "

Então o Pedro já esteve em algum partido? É que no meu, é precisamente isso que se passa!!!

Pedro Mendes disse...

Caro Rui Viana,
Não sou, nem nunca fui militante de qualquer partido, no entanto sei perfeitamente como (não) funcionam as coisas. Para mim politica é competência, independentemente da cor politica. Reconheço grandes competências a socialistas, socias-democratas, comunistas e bloquistas, no entanto sei que é uma utopia vê-los trabalhar todos juntos.

Rui Viana disse...

Pois é caro Pedro, é o problema de quando os umbigos se sobrepõem ao interesse do colectivo!

Eh, eh! Esta frase quase parece retirada da cartilha comunista!!! Com tiradas destas ainda sou convidado para algum cargo na Câmara!

Pollux disse...

Mudando a cor, no fundo, no fundo, são todos iguais.
É pena.
Foi isso que fez desacreditar o sistema politico.

Anónimo disse...

Caro Viana,

Pelos vistos há mesmo alguma ingenuidade. É que este seu post não tem mais do que 9 meros comentários e a discussão não chegou sequer a durar 48 horas ...

Rui Viana disse...

Caro anónimo das 21.53

Quando dei o titulo ao post estava a ser sincero, ou seja, estava realmente a constatar que fui ingénuo.
Concluo que efectivamente os jovens estão de facto distanciados da politica e pouco interessados em mudar o estado das coisas!

Isso não quer dizer que eu desista da minha causa e objectivo de renovar a politica e a democracia em Sesimbra.
Admito desde já que não será uma luta fácil, tal o apego com que alguns dinossauros politicos locais estão apegados aos lugares.

Mas a POLITICA é feita de causas e ideais, e eu tenho uma vantagem em relação a alguns deles... Não procuro "emprego", se é que me faço entender!!!

Sesimbra Jobs disse...

Já está disponivel o novo blog www.sesimbraemformacao.blogspot.com . Neste blog estarão diponiveis informações sobre acções a decorrer no concelho de Sesimbra.

Anónimo disse...

Caros jovens,

Daqui a 15/20 anos terão mais ou menos a idade dos actuais DINOSSAUROS da política local, serão 15/20 de experiência. Portanto, estão no bom caminho.Não desistam que lá chegarão(à Câmara). E se querem um conselho, lembrem-se do velho ditado "se não podes com eles, junta-te a eles.

Anónimo disse...

Caro Viana,

Deixe-me acrescentar que o comentário que deixei não era crítico do seu post. Aliás, este mereceu-me alguma simpatia.
Anónimo 21:53

Rui Viana disse...

Eu percebi aquilo que pretendia dizer. De facto os jovens ao deixarem de acreditar em "politicos" afastaram-se da politica. Mas esse é um grande erro. Não podemos deixar as nossas vidas entregues nas mãos de quem só se preocupa com o seu umbigo, como eu tenho repetido continuamente.

Os jovens têm de acreditar que o futuro lhes pertece e que têm que tomar a redea do seu futuro já desde hoje.

O presente não é bom e o futuro é bastante cinzento, fruto de anos e anos de politicas erradas. Existem jovens com uma formação muito acima da média da população portuguesa. Os seus pais fizeram grandes esfrços para lhes dar a educação a que eles próprios não tiveram acesso por diversas razões. É obrigação desses jovens tomarem conta do país, não abdicando da experiencia dos mais velhos, mas incutindo um novo estilo mais ambicioso e responsável à politica nacional.

Eu, não sendo jovem nem velho, não vou desistir e sei que estou a pensar certo. Jamais aceitarei juntar-me a eles nesta politica irresponsável que nos arrastou nos ultimos 30 anos para a crise e decadencia que estamos a viver agora.

Esta crise tem responsaveis, e eles têm cara e nome. São os politicos que geriram o país nos ultimos 30 e tal anos. Temos obrigação de exigir mais e melhor, e também temos a obrigação de participar para fazer mais e melhor.